Mobilidade e Logística

Movendo pessoas, cargas, ideias e tecnologia

A infraestrutura de transportes na Região Campinas está entre as melhores do Brasil, tornando-a um dos principais corredores de importação e exportação de produtos brasileiros.

Rodovias

A malha viária que corta toda a REGIÃO CAMPINAS é invejável em termos de qualidade, ramificações e cobertura de território. Alguns dos principais eixos rodoviários do estado de São Paulo garantem a integração metropolitana com diversas regiões do estado e conexões interestaduais.

Valor médio de Pedágio por Trajeto
Cosmópolis – Paulínia R$ 8,20
Monte Mor – Campinas R$ 0
Indaiatuba – Campinas R$ 13,20
Campinas – Valinhos R$ 0
Campinas – Itatiba R$ 9,80
Campinas – Nova Odessa R$ 8,10
Sumaré – Campinas R$ 7,80

Fonte: ARTESP, CCR, ROTA DAS BANDEIRAS (Valores – 2017)

Rodovias que passam pela região

Rodovia Bandeirantes

Campinas – Hortolândia – Santa Bárbara D’Oeste – Sumaré – Vinhedo

Rodovia Anhanguera

Americana – Campinas – Nova Odessa – Sumaré – Valinhos – Vinhedo

Rodovia D. Pedro I

Artur Nogueira – Campinas – Cosmópolis –  Itatiba – Paulínia – Valinhos

Rodovia Santos Dumont

Campinas – Indaiatuba

Rodovia Professor Zeferino Vaz

Artur Nogueira – Campinas – Cosmópolis – Engenheiro Coelho – Paulínia

Rodovia Adhemar de Barros

Campinas – Jaguariúna – Santo Antônio de Posse

Rodovia Jornalista Francisco Aguirra Proença

Campinas – Hortolândia – Monte Mor

Rodovia José Roberto Magalhães Teixeira

Campinas – Valinhos
1388068

Frota Total de Automóveis

12293

Frota de Ônibus

Transporte Aéreo

A localização estratégica do Aeroporto Viracopos e do Aeroporto Campos dos Amarais potencializa um modelo de logística adequado às necessidades e especificidades do transporte de cargas e passageiros. Viracopos é um dos mais importantes entrepostos de carga da América Latina, sendo o quinto aeroporto industrial do Brasil. No ano de 2018, a movimentação foi de 9.223.074 de passageiros.
Seu terminal de cargas é utilizado para importar e exportar produtos de multinacionais dos setores petroquímico, automobilístico, de informática e telecomunicações. Em 2018, foram 235.324 toneladas de cargas. Ao todo, o número de aeronaves movimentadas no aeroporto de Viracopos foi de 107.627.

10324658

Passageiros

177285

Toneladas de carga

Transporte Coletivo

Além do transporte intraurbano presente em cada um dos municípios localizados na REGIÃO CAMPINAS, a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo – EMTU realiza a integração regional com 175 linhas de ônibus. O território conta com linhas específicas de ônibus fretados que conectam os principais bairros da região aos Parques Tecnológicos, Universidades e grandes industrias reduzindo o tempo de deslocamento dos estudantes e trabalhadores.

Ferrovias

O território Campineiro é cortado por ramais ferroviários utilizados para o transporte de cargas, integrando a Região Campinas a São Paulo e outras regiões do estado, além do Porto de Santos, maior do Hemisfério Sul e distante somente 200 quilômetros da cidade de Campinas.

Uma das principais, é a Ferrovia Centro-Atlântica, que passa pela cidade de Paulínia, próximo ao Pólo Petroquímico da cidade.

Hidrovias

Próxima da Região Campinas, a Hidrovia Tiete–Paraná permite a navegação comercial entre o interior paulista e os países do Mercosul, além da integração fluvial com a Região Centro-Oeste brasileira. Este trecho conta ainda com 19 estaleiros, e 30 terminais de carga, com 10 barragens e eclusas.

São mais de 2.400 quilômetros de extensão navegáveis com dez eclusas que integram cinco estados – Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná e São Paulo – e cinco países – Argentina, Bolívia, Brasil, Paraguai e Uruguai.

Infovias

As Infovias de fibras ópticas vêm sendo construídas nos municípios localizados na Região Campinas, aproveitando grandes extensões das faixas de passagens da malha viária. É através das infovias que trafegam os dados das redes eletrônicas, funcionando como um conjunto de linhas digitais.
As cidades que atualmente concentram esforços para a implantação de infovias, são Pedreira, Paulínia, Vinhedo e Itatiba.

Fale Conosco