Instituto Agronômico

Desde 1887, o INSTITUTO AGRONÔMICO (IAC) vem realizando pesquisas para oferecer respostas ao agronegócio. Como órgão da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (SAA), o IAC desenvolve cultivares de plantas mais resistentes e produtivas, desenvolve tecnologias para uso em todas as etapas, do plantio à colheita, gera e disponibiliza informações agrometeorológicas, realiza análises de solo, além de estudos de pragas e doenças. Os resultados desses estudos tornam o IAC um sinônimo do sucesso representado pelo Brasil agrícola.

Missão

Gerar e transferir ciência, tecnologia e produtos para otimização dos sistemas de produção vegetal, com responsabilidade ambiental, visando ao desenvolvimento socioeconômico e à segurança alimentar, por meio da pesquisa, da formação de recursos humanos e da preservação do patrimônio.

Objetivo

Desenvolver ações de pesquisa sintonizadas com as demandas do setor agrícola; prever e propor demandas; desenvolver e transferir produtos e processos; produzir material bibliográfico técnico e científico; orientar a formulação de políticas públicas; formar competências científicas e críticas; contribuir para a segurança alimentar; propor produtos e processos inovadores.

1076

Cultivares desenvolvidas

142

Pesquisadores científicos

309

Funcionários de apoio

Desenvolve tecnologias eficientes para atender às necessidades dos produtores, às exigências das indústrias e dos consumidores. Várias tecnologias foram lançadas nos últimos anos, como as cultivares de arroz, feijão, café, cana-de-açúcar, além de novas ferramentas de agricultura de precisão. O conhecimento gerado destina-se aos produtores de diversas regiões em atividades de campo e cursos. Através da orientação das pesquisas no desenvolvimento de cultivares resistentes às principais doenças, obtém-se o a redução do uso de agroquímicos, viabilizando a produção de alimentos mais saudáveis e seguros para o consumidor final, além de preservar o ambiente.

Veja alguns indicadores do IAC

Indicadores

2013 2014 2015 2016 2017 Total
Artigos científicos em revistas internacionais 110 103 125 116 101 555
Artigos científicos em revistas nacionais 71 42 36 27 48 224
Cultivares registradas 23 16 16 20 13 88
Cultivares protegidas 01 06 00 06 06 19
Patentes solicitadas/registro de software 01 03 01 01 05 11
Formação de recursos humanos (MSc., DR, PD) 60 59 43 39 57 258
TOTAL 266 229 221 209 230

1155

O Instituto Agronômico desenvolve diversas atividades relacionadas à sustentabilidade ambiental em sintonia com a produção de alimentos e energia. Dentre elas, destacam-se o monitoramento ambiental, os estudos relacionados à resposta à interação planta-ambiente, as estratégias para regionalização e aptidão de culturas agrícolas, as recomendações de uso sustentável dos recursos hídricos, as estratégias para minimizar a toxicidade por elementos tóxicos às plantas, a integração de genótipos mais eficientes no uso de nutrientes com práticas de manejo da adubação, o aumento da tolerância das culturas às doenças com base no suprimento mais equilibrado de nutrientes, as tecnologias para correta aplicação de defensivos, com segurança ao trabalhador rural e uso eficiente da água nas pulverizações.

Cultivares desenvolvidas pelo IAC

 

Áreas Estratégicas

Bioenergia

Desenvolvimento de Produtos e Processos Inovadores

Mudanças Climáticas

Segurança Alimentar

Sustentabilidade Ambiental

Centros de Pesquisa

  • Centro de Café
  • Centro de Cana
  • Centro de Citricultura
  • Centro de Ecofisiologia e Biofísica
  • Centro de Engenharia e Automação
  • Centro de Fitossanidade
  • Centro de Frutas
  • Centro de Grãos e Fibras
  • Centro de Horticultura

Centros de Apoio

  • Centro de Administração da Pesquisa e Desenvolvimento
  • Centro de Comunicação e Transferência do Conhecimento
  • Centro Experimental Central
5

Áreas Estratégicas

13

Linhas de Pesquisa

240

Projetos em andamento

Investimento em Pesquisa e Desenvolvimento

As atividades de pesquisa do IAC são mantidas com recursos provenientes de projetos financiados por agências de fomento (destacando-se FAPESP, FINEP e CNPq) ou por meio de parcerias firmadas com a iniciativa privada, somados aos recursos do Tesouro do Estado e do Fundo Especial de Despesas. Nos últimos cinco anos, o IAC recebeu investimentos na ordem de R$ 198.004.775,00 para o desenvolvimento das atividades de PD&I, ou seja, aproximadamente R$ 39 milhões anuais são empregados na Instituição, provenientes de convênios (PAC, Finep, Embrapa-Café), Fapesp, CNPq, e parcerias com a iniciativa privada. Recursos estes que certamente geram retorno à sociedade.

A abrangência da atuação do IAC alcança a vida de paulistas e brasileiros em, praticamente, todos os momentos do dia, desde o café da manhã, passando pelas demais refeições, até o momento de dormir. Têm origem em pesquisas do IAC os alimentos, as fibras e tantos outros produtos derivados de plantas, como a borracha, aromas e medicamentos.

Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo – Campinas – SP
CEP 13.020-902
Telefone: (19) 2137-0612
E-mail: iacdir@iac.sp.gov.br